Lifestyle: o que é isso

Ter referência hoje em dia é tudo. Você reconhece de longe quem tem boas referências, conhece o próprio shape, se preocupa com estética e apresentação, se importa com moda (sem ser fashionista) e cuida bastante do grooming. Até aqui nada de diferente do que estamos acostumados a lidar, ler e ver em nosso cotidiano, principalmente na nossa série Apenas tenha estilo.

Porém hoje vamos falar de algo que está além disso. Quando suas referências se tornam menores e você absorve a tal ponto o que realmente interessa e a transforma em hábito. Aí é que nasce o estilo de vida! Esse sim é para poucos e deveria ser uma obrigação para os formadores de opinião- ou pessoas que gostam de se julgar assim. De que adianta ser considerado um formador de opinião se ele somente reproduz ou repassa a opinião?

Diferenciar quem tem um estilo de vida próprio, único e de maneira referencial para nós é perceber a diferença entre o natural e a cópia. Quando vemos alguém que tem boas referências, mas que não representa aquele estilo de vida é exatamente a mesma sensação quando vemos aqueles homens de terno em casamentos parecendo pingüins. Eles não usam aquela roupa em seus cotidianos e nem sabem se comportar direito quando estão dentro dela: um caos se instala.

Aproveitando nosso momento filosofia sobre estilo de vida, um personagem que merece ser reverenciado é o Neal Caffrey, do seriado White Collar, já indicamos por aqui. A trama por si só já é surpreendente e se você ainda não assistiu, comece pela primeira temporada.

Trata-se de um farsante, falsificador e tudo o que um anti-herói precisa ter. Mas deixando de lado o que ele faz ou deixa de fazer, seu estilo de vida é simplesmente único e invejável. Começando pelo vasto conhecimento em artes, biografias, vinhos, carros, roupas, chapéus e tudo o que ele precisa para realmente ter o estilo de vida que ele representa. Tudo é tão natural, que muitas vezes somos capazes de esquecer que ele não é o mocinho do seriado, mesmo sendo o protagonista.

Portanto, quando estiver buscando boas referências, procure pensar no estilo de vida que você tem ou quer ter e daí sim adapte o máximo de referências possíveis nela. Brinque, ouse, prove muitas roupas e sinta-se o personagem que gostaria de ser e veja se realmente isso te faz bem, te faz feliz, demonstra o que você realmente é. Esse é um bom começo para ser membro e Apenas ter Estilo.

About these ads

, , , ,

  1. #1 por Flávio Simões Lopes em agosto 2, 2012 - 5:29 PM

    Berço é tudo!

  2. #2 por Renato em agosto 4, 2012 - 4:39 PM

    MUITO BOM!

  1. Estilo vs. Elegância « make YEAH!

OH YEAH, comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s